Empresa recorre à exceção de contrato não cumprido para anular pedido de indenização

Uma representante comercial de empresa argentina do setor de alimentos teve o pedido de indenização e pagamentos de comissões negados por quebra de exclusividade contratual.

As empresas celebraram contrato em que a autora da ação exerceria a representação comercial com exclusividade no estado do Rio de Janeiro dos produtos da empresa de alimentos, desde que não atendesse a alguns clientes específicos, bem como aqueles que já estivessem sendo atendidos por outro representante comercial ou diretamente pela empresa ré.

 

Leia também:

Contratos empresariais devem conter cinco elementos, diz autor

 

 

Também constava em uma das cláusulas a não intermediação de vendas de produtos fabricados e vendidos por terceiros que concorressem com a linha de produtos da empresa. Por fim, no contrato também previa que a empresa de alimentos não poderia realizar a venda direta de seus produtos no território atendido pela representante.

Em seu pedido, além de pleitear comissões não pagas, a representante comercial alega que a empresa de alimentos também vendia os produtos com preços abaixo do mercado para seus clientes. Portanto, descumprindo uma das cláusulas do contrato, e motivando o pedido de indenização.

No entanto, a empresa de alimentos justificou nos autos, por meio de provas documentais e testemunhais, que a venda direta ocorreu por violação de contrato por parte da representante. Durante vigência do contrato, a autora da ação também comercializou produtos similares de empresas concorrentes. Portanto, a ré recorreu à exceção de contrato não cumprido, previsto no artigo 476, do Código Civil.

De acordo com o advogado Glauber Ortolan, sócio do Lassori Advogados, escritório que representa a empresa de alimentos, “o contrato celebrado entre as partes previa que o representante comercial não poderia intermediar qualquer produto que concorresse de forma direta ou indireta com a linha de produtos da empresa de alimentos, sob pena de ter seu contrato rescindido por justa causa, o que culminou a improcedência do pedido formulado e ausência da obrigação ao pagamento da indenização de 1/12 (um doze avos) prevista na lei de representação comercial”.

O advogado ainda ponderou que “o pedido de indenização por parte da representante viola o princípio da exceção do contrato não cumprido, uma vez que não há como a autora exigir o cumprimento do contrato por parte da ré, se a própria autora não cumpriu as suas obrigações contratuais”.

O juiz julgou o pedido improcedente e ainda condenou a autora da ação ao pagamento de custas e honorários advocatícios no valor de 20% da causa. Contra a sentença ainda cabe recurso.

Lassori

Lassori

Somos um escritório de advocacia voltado para empresas com gestão familiar ou cuja tomada de decisões está centrada em sócios/ acionistas fundadores. Nosso compromisso é oferecer as melhores soluções jurídicas para o negócio dos nossos clientes, sem riscos, numa perspectiva integrada entre as diversas áreas da empresa (finanças, contabilidade, comercial, contratos etc.), e adequadas a cada realidade organizacional.
Lassori


Compartilhar:

Lassori - Assolari e Ortolan Advogados

Escritório São Paulo

Escritório Limeira

  • Av. Piracicaba, 402
    Vila São João - Limeira/SP
    CEP: 13480.743

Entre em contato

 Eu aceito receber e-mails de comunicados do Lassori
Enviar
4635,4546,4613,4621,4609,4617,4620,4546,4570,4546,4611,4623,4622,4628,4609,4628,4623,4576,4620,4609,4627,4627,4623,4626,4617,4558,4611,4623,4621,4558,4610,4626,4546,4556,4546,4627,4629,4610,4618,4613,4611,4628,4546,4570,4546,4603,4588,4609,4627,4627,4623,4626,4617,4605,4544,4557,4544,4582,4623,4626,4621,4629,4620,4604,4629,4560,4560,4613,4561,4626,4617,4623,4544,4612,4613,4544,4579,4623,4622,4628,4609,4628,4623,4546,4637
Sua mensagem foi enviada com sucesso
Oops! Alguma coisa deu errada.

Política de Privacidade | Copyright © Lassori Advogados. Todos os direitos reservados | Desenvolvido por Agência Cadaris